Voltar

Aprenda com os Chefs: Enrolado de Chester de Natal

Aprenda com os chefs

14/12/2018

O Natal é uma das épocas mais aguardadas do ano, em que as pessoas comemoram o nascimento de Jesus, renovam o espirito de solidariedade e aproveitam para saborear os tradicionais pratos da ceia de natal.

Mas de onde vem o costume de comer algumas aves no Natal? O Peru era considerado pelos índios norte-americanos, um símbolo da fartura, por ser uma ave grande e capaz de alimentar muitos. Em 1518, quando o contato dos índios com os europeus começou, o Peru foi descoberto e levado para Europa, e no século XVI era a ave de natal consumida na Inglaterra.

Nos Estados Unidos, o hábito de comer peru como prato principal, também surgiu no século XVI, no Dia de Ação de Graças. No Brasil, o peru é apreciado desde a época colonial.

O Chester surgiu como uma alternativa mais barata ao Peru. Ele é originário de uma combinação genética de várias espécies de frango, possui menor teor de gordura, maior taxa de proteínas e 70% de sua carne concentrada no peito e nas coxas, além de ser bem macia.

A introdução das aves no Natal transformou o jantar em ceia. A abundância e a extravagância dos europeus passaram a caracterizar a essência da ceia de Natal, passando a ser entendido como uma expressão simbólica do sucesso frente as regras da vida cotidiana ao longo do ano.

Abaixo segue a receita de como inovar o Chester na sua ceia de natal!

Enrolado de Chester de Natal

Ingredientes:

1 Chester desossado

400 ml de vinho branco seco

1 cenoura cortada grosseiramente

2 talos de aipo cortados

½ alho poró cortado em pedaços

2 pimentas dedo de moça abertas ao meio sem sementes

½ maço de salsicha cortado em pedaços

2 dentes de alho picados

Sal a gosto

Pimenta moída na hora a gosto

Recheio:

500 g de carne de frango moída

1 cebola bem picada

1 dente de alho picado

3 colheres de sopa de óleo

300 g de queijo roquefort amassado com garfo

3 colheres de salsa picada

Pimenta

1 pitada de noz moscada

Molho:

2 xícaras de caldo de galinha para deglaçar

200 ml de creme de leite fresco

Modo de preparo:

Abra o chester pelas costas, tempere e deixe marinando com os ingredientes por pelo menos 3 horas.

Em uma frigideira larga, doure a cebola e o alho em óleo quente. Junte a carne de frango moída, refogue e acrescente o queijo. Tempere com pimenta e noz moscada.

Utilize esse refogado para rechear o Chester e amarre-o com um barbante.

Leve o Chester a um tabuleiro untado com óleo e o besunte com manteiga. Cubra com papel laminado e asse por 1 hora com o forno a 200 graus. Depois desse tempo retire o papel laminado e volte ao forno por mais 30 minutos.

Aproveito o suco do fundo da forma deglaçando-o com caldo de galinha. Peneire o molho obtido e leve-o para a panela. Ajuste o sal e a pimenta e deixe espessar. Quando o molho estiver com uma boa textura, crescente o creme de leite fresco.

Dicas de acompanhamento: Massa fresca, arroz, couscous ou mesmo legumes.

*Rendimento: 8 porções